A tecnologia transformou o mundo em uma grande vila global, conectando pessoas de todos os países e culturas.

O compartilhamento de informações é mais acessível do que nunca, facilitando a conscientização do produto ou a promoção do serviço. E como a internet é uma ferramenta tão poderosa que pode ser usada para gerar ROI, o investimento em marketing digital não pode ser ignorado. Segundo o eMarketer, “prevê-se que os gastos mundiais com anúncios digitais atinjam mais de U$ 375 bilhões até 2021 “.


Portanto, para sair na frente da concorrência, você deve acompanhar as tendências. Reserve um momento para pensar criticamente sobre o impacto da mudança de tecnologia nos seus negócios. E, em seguida, tire proveito das técnicas de negócios bem-sucedidas, além de tentar prever para onde a tecnologia irá no futuro. Sua empresa crescerá se você reter e alcançar ativamente novos clientes de maneira proativa, em vez de ficar para trás.

No entanto, eu entendo se você não possui tempo para implantar todas essas tendências e é por isso que estou aqui para lhe ajudar! 😉 Solicite um orçamento gratuito hoje.

Dito isso, gostaria de compartilhar 8 tendências de marketing digital para 2020 que você deve observar:

1) Maior uso da Inteligência Artificial

Refere-se a robôs ou máquinas com capacidade de trabalhar como seres humanos. A IA usa uma combinação de diferentes recursos, como chatbots e assistentes de voz, para encontrar respostas rapidamente.


Por exemplo, Alexa e Siri são assistentes de voz que fornecem excelente atendimento ao cliente. Assim como um ser humano, eles podem receber pedidos dos usuários e trabalhar nos bastidores em seu nome.

O robô de IA faz isso usando sensores e entradas humanas para reunir fatos sobre uma situação e também pode coletar / armazenar os dados de pesquisa para melhorar as experiências futuras do usuário.

2) Pesquisa por Voz

À medida que o crescimento da tecnologia continua a aumentar rapidamente, começaremos a ver mais pessoas usando smartphones com assistentes de voz.

Recursos como Google, Alexa e Siri são úteis em marketing digital. Os assistentes de voz podem procurar coisas, ler texto em voz alta e até mesmo ditar mensagens de texto para você, para que você possa usar as mãos livres.

A pesquisa por voz também é essencial ao usá-la para o seu negócio. Está ajudando no crescimento de um movimento otimizado para dispositivos móveis e agregando valor ao SEO local. A pesquisa por voz também aumenta o uso da Inteligência Artificial e prioriza a semântica das pesquisas.

Dicas para otimização de pesquisa avançada:

a) Entenda o idioma: quando as pessoas usam mecanismos de pesquisa, muitas usam frases longas com palavras-chave específicas. Portanto, para otimizar a oportunidade encontrada nos resultados da pesquisa por voz, use palavras-chave mais longas e frases completas (pense no que alguém perguntaria a um amigo sobre um produto ou serviço específico).

b) Seja conversador: ao implementar a pesquisa por voz em seu site, use um tom de conversa envolvente ao criar o texto, mas lembre-se de usar frases completas e esteja gramaticalmente correto.

c) Responda a perguntas: A maioria das pessoas usa a Internet para obter informações, estejam pesquisando um produto ou serviço que precisam ou tentando encontrar no Google alguma resposta específica. Portanto, pense sobre isso ao criar conteúdo para pesquisas por voz. Inclua qualquer pergunta que as pessoas possam fazer sobre seus produtos e forneça respostas detalhadas.

3) Publicidade hiper-segmentada

As empresas usam anúncios online para comercializar seus produtos, mas você já se deparou com um anúncio que era irritante ou não tinha nada a ver com você? Os consumidores on-line não apenas tendem a ignorar esses anúncios, mas também podem acabar odiando o produto e fazendo todo o possível para ficar longe da marca.

A revista Forbes afirma que, devido a essa conexão digital avassaladora, anúncios ou marcas não relacionadas que continuam bombardeando as pessoas com seus anúncios irrelevantes serão desconsiderados por 49% das pessoas.

Mas, por outro lado, as pessoas adoram um ótimo conteúdo.

Se sua marca continuar enviando mensagens personalizadas de maneira consistente, 36% responderão comprando o produto, além de aumentar (e muito) o engajamento dos clientes com a sua marca.

4) Personalização

Atualmente, poucas empresas estão usando algum tipo de personalização. E grandes conglomerados como a Amazon já estão fazendo isso muito bem.

Esse nome familiar construiu seu enorme negócio na Internet, analisando o comportamento dos clientes e promovendo produtos com base em suposições e no histórico de compras anteriores do usuário. Ele mostra os produtos nos quais uma pessoa pode se interessar colocando produtos similares ou complementares em uma guia “Recomendações”, e a Amazon descobriu que essa tática de upsell funciona muito bem para conseguir mais negócios.

A personalização é realmente o futuro do marketing digital. Hoje em dia, é o que os consumidores esperam, ou seja, de acordo com pesquisas recentes, cerca de 79% dos consumidores se sentem frustrados se o conteúdo visualizado não for adaptado a eles.

Segundo o Gartner, em 2020, pelo menos 90% dos anunciantes online começarão a usar a personalização de marketing de alguma forma ou forma. E até 2021, haverá um aumento significativo de sites totalmente personalizados.


A personalização é realmente a chave para uma campanha de marketing digital bem-sucedida em 2020. Segundo Dale Carnegie, “o nome de uma pessoa é para ela o som mais doce e importante em qualquer idioma”.

É a melhor ferramenta para aumentar as conversões, e é por isso que alguns profissionais de marketing a utilizam há décadas para melhorar seus esforços de marketing.

Um estudo mostra que as campanhas de e-mail personalizadas recebem taxas de abertura de email 29% mais altas e taxas de cliques 41% mais altas do que os e-mails tradicionais sem forma de personalização.

Isso significa que, se você ainda não experimentou a personalização da sua estratégia de marketing digital, está deixando muitos benefícios em cima da mesa. Aqui estão algumas razões do porquê:

O principal benefício do marketing personalizado é ter o controle para alcançar um grupo específico de clientes. Ao coletar dados do usuário de segmentos de lista, pesquisas ou estudos, você está melhor posicionado para criar campanhas de email mais relevantes e eficazes para públicos-alvo com base em seus hábitos, interesses e comportamentos de compra.

Por exemplo, se seu público-alvo gosta de filmes e entretenimento em geral, você pode incorporar referências da cultura pop ao enviar seus e-mails, criar postagens no blog ou até mesmo nos formulários de inscrição por e-mail para proporcionar uma experiência mais personalizada ao seu conteúdo.

Felizmente, seu público-alvo apreciará as referências e se relacionará melhor com sua marca, o que acabará por aumentar as conversões.

5) SEO de última geração

No momento, muitas mudanças estão ocorrendo no setor de mecanismos de pesquisa e as atualizações estão acontecendo constantemente. Essas alterações nos algoritmos de pesquisa afetaram profundamente os resultados de pesquisa do usuário.

Todo novo algoritmo vem com diferentes benefícios ou problemas, dependendo de como você o vê. Por fim, o objetivo dos mecanismos de pesquisa é ajudar os usuários a obter resultados específicos que respondam às suas perguntas.

Portanto, você verá em 2020 que a qualidade dos resultados da pesquisa melhorará drasticamente.

6) Mais foco na retenção de clientes

Nos próximos anos, as empresas também começarão a desviar sua atenção da aquisição de novos clientes para a retenção de clientes existentes.

Essas empresas entendem que é preciso menos dinheiro para manter os clientes existentes satisfeitos e canalizará mais esforço nos estágios finais da jornada do consumidor. Afim de coletar melhores dados, focando na segmentação de mercado que ajuda a economizar os custos.

A retenção de clientes ajuda a aumentar a receita, pois quando você mantém seus clientes existentes, eles tendem a contar a seus amigos e a fornecer referências. Também é provável que os clientes fiéis sejam mais diretos e honestos com você em relação aos problemas, dando a você a chance de melhorar sua marca, além de seus produtos e serviços.

7) Marketing de influência/influenciadores

O marketing de influência é um tipo de marketing boca a boca que se concentra no uso de líderes importantes para levar a mensagem da sua marca ao mercado. Os influenciadores podem ser celebridades conhecidas e frequentemente são personalidades do Instagram ou do YouTube, com um grande número de seguidores, que podem ajudar a espalhar a mensagem sobre o seu negócio ou produto através de seus canais sociais.

Como o marketing de influenciadores geralmente é mais autêntico, 92% das pessoas confiam em outras recomendações dos consumidores em relação à publicidade corporativa.

O marketing de influenciadores é outra tática que não desaparecerá tão cedo: um estudo da Mediakix prevê que os gastos com publicidade para marketing de influenciadores podem chegar a U$ 10 bilhões no próximo ano.

O marketing de influenciadores também será influenciado pela inteligência artificial. A cada ano, a IA está tornando o processo de encontrar os influenciadores certos para uma parceria mais fácil e rápida. Está ajudando a identificar pessoas com melhor envolvimento, menos seguidores falsos e uma chance maior de gerar um ROI positivo.

8) Publicidade programática

Publicidade programática significa usar a IA para automatizar a compra de anúncios, para que você possa segmentar públicos-alvo mais específicos. Lances em tempo real, por exemplo, são um tipo de compra de anúncios programáticos. Essa automação é muito mais eficiente e rápida, o que significa maiores conversões e menores custos de aquisição de clientes.

Está mudando a cara da publicidade digital tão rapidamente que, de acordo com o eMarketer, 86,2% dos anúncios de exibição digital nos EUA serão programáticos em 2020.

A maioria das campanhas de publicidade manual orientada a pesquisa (mesmo as realizadas com ferramentas profissionais) leva em consideração três ou quatro destinos: a palavra-chave, hora do dia e local. Ferramentas como plataformas programáticas do lado da demanda podem usar centenas de sinais de segmentação para individualizar o anúncio e até segmentar de acordo com o estilo de vida ou hábitos de comportamento quando integrados às plataformas de dados do cliente.

Conclusão

Se você estiver operando um negócio, é importante conhecer as tendências atuais de marketing e poder acompanhar o caminho do marketing digital no futuro.

E, assim como a Amazon, você pode começar a personalizar seus produtos, usar as mídias sociais para responder a perguntas e implementar o marketing de vídeo para ganhar confiança e mostrar que você é transparente.

Lembre-se, se você estiver manipulando dados de clientes, a transparência será crítica e obrigatória. Além disso, recomendo a utilização de sistemas de automação para que você possa otimizar todas as suas atividades online e o relacionamento com os clientes.

>> Ficou com dúvida ou quer saber mais sobre esses assuntos?

Espero que o conteúdo seja útil para você.

Forte abraço!

Até logo.

2 respostas a “8 Tendências de Marketing Digital em 2020”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *